QFSR no Youtube: Terra da Garoa

Continuamos com nossa super missão de povoar o YouTube com vídeos sobre consumo consciente. Hoje estrelamos a Carol e sua incrível marca, a Terra da Garoa.

A marca é uma queridinha aqui do blog e tem um processo de produção super slow e preocupado com o mundo e com as pessoas.

Nesse vídeo nós mostramos como e onde ocorre o processo de produção em todos os seus passos.

Aperta o play e depois me conta o que você achou!!!

Terra da Garoa no YOUTUBE

Gostou do vídeo? Lembra de curtir e compartilhar com todo mundo.

Se estiver curtindo o nosso conteúdo se inscreve no canal para não perder nada.

Até segunda!

Beijos da Valen

Apresentando: Think Blue

Eu já falei algumas vezes que não trabalho com moda, né? Por esse motivo, fica difícil entender algumas coisas desse universo tão novo, principalmente quando as pessoas usam termos técnicos. Porém, depois de tantas conversas com produtores nesses quase 10 meses de blog, meu arsenal de termos e conceitos já está muito maior. E foi com a Think Blue, marca que eu vou apresentar hoje para vocês, que eu entendi o real significado do termo upcycling (muito falado por aqui).

Logística reversa: você conhece essa prática?

Hoje tem marca linda e do bem fazendo aniversário! Sim, a nossa super Squame está comemorando 5 anos e, me desculpo previamente pelo clichê, quem ganha o presente somos nós!!!! hahaha

Sim, a partir de hoje essa marca que já ganhou meu coração por outras razões está anunciando que vai começar a praticar logística reversa e reciclagem dos seus produtos e resíduos de produção. Sabe o que isso significa? Que tudo o que você consumir hoje terá um destino certo amanhã. Podendo ser reciclado e ganhar 2 ou 3 vidas a mais do que apenas como o produto que foi idealizado inicialmente.

Como presentear com consciência no Natal

Ah o Natal! Aquela época maravilhosa. Muitos presentes, muita comida, muito dinheiro “investido” e, na minha opinião, muita energia desperdiçada. Não quero generalizar não, acredito que para muitas pessoas essa data tem um valor especial e reunir a família é o principal objetivo. Mas só uma vez, seja crítico com o seu Natal. Como tem passado essa data? O que você vem valorizando de fato?

Eu sei quem faz minhas roupas: Pera e Par (+ cupom desconto)

É possível sim se vestir bem, estar “na moda” e ser ético nas suas escolhas. Sabia? Nessa sessão chamada Eu sei quem faz minhas roupas eu quero mostrar isso para vocês.

De coração, eu realmente só visto o que eu gosto. Tendências, passarelas, cores da estação são para os designers. Euzinha olho e penso SIM? NÃO? TALVEZ? E se for talvez eu nem levo, haha.

Na minha última viagem para Florianópolis aproveitei para fotografar esse look com peças que eu amo e de duas marcas que já ganharam o meu coração.

Apresentando: Brisa Slow Fashion

Tenho muita honra em apresentar para vocês a Brisa Slow Fashion. Honra sim, porque o trabalho dessas meninas é de emocionar quem anda se perguntando onde o mundo vai parar.

 

 

Depois de algum tempo acompanhando o blog, você já deve ter entendido (apesar de eu não apertar tanto nesse tecla para não assustar demais) que estamos no meio de um colapso. A conta simplesmente não fecha mais. É matéria prima se esgotando, produção de lixo nas alturas sem destino e descarte adequados, exploração de mão de obra para alcançar preços cada vez mais baixos (mesmo com o valor de tudo aumentando), entre outros problemas gigantes decorrentes da indústria da moda (vou parar por aqui para não assustar o povo).  No meio dessa loucura, surge a Brisa.

Apresentando: Amora Amorinha

Sabe aquelas pessoas que são a mistura perfeita da força com a delicadeza? A Andressa da Amora Amorinha é exatamente assim. Um doce de pessoa e ao mesmo com uma história incrível e uma força de vontade inspiradora.

Ao longo desses 4 meses (sim, já temos quase 4 meses) de blog, pude perceber que as histórias das marcas que apresento por aqui coexistem com a de seus idealizadores. Mas nesse caso isso é ainda mais forte. Isso porque as atividades manuais foram uma espécie de terapia para a Andressa. Demorou um tempo para ela perceber que também poderiam ser o seu trabalho e mais, o seu negócio.

Economia Sustentável com o Enjoei

Nesse post que eu fiz especialmente para o Projeto Route, falamos sobre qual a melhor opção de compra. Qual foi a conclusão? A melhor opção para uma economia sustentável é simplesmente não comprar ou comprar o que já existe por aí. Isso serve para roupas, acessórios, carros, eletrônicos, o que for! Se podemos aproveitar ao máximo a vida útil daquele produto, essa é uma ótima alternativa.

Eu admito que não sou muito boa garimpando brechós (minha rinite não permite). Não tenho tanta animação e visão daquilo tudo que pode ter por lá. Mas há algum tempo eu descobri uma plataforma ótima para isso. Tanto para comprar quanto para vender. O Enjoei.