Sim, eu repito roupa: Carnaval

Gente, deixa eu contar uma coisa para vocês. Eu super repito roupa! Sempre! Mesmo porque elas foram feitas para serem usadas – lavadas – usadas novamente. Não é porque é Carnaval que eu vou fazer diferente.

Hoje vou trazer produções para você arrasar nos bloquinhos e aproveitar durante o resto do ano todo. Sim, QFSR também é economia e sustentabilidade, bb!

Carnaval Glamorous

A primeira produção não tem um tema  específico. Apenas o brilho e o glamour típicos dessa época do ano.

 

As 3 peças principais das duas produções são: top dourado + hot pant preta + calça preta – todas da nossa super parceira Leninha.

A diferença entre as duas ficou a cargo dos acessórios.

Na primeira produção o blazer branco e o cinto mais neutro trouxeram um pouco de seriedade para o top brilhoso e a transparência da calça.

Super usaria essa roupa em uma festa, show e até para um barzinho.

 

Tiramos o blazer, trocamos o cinto e tcharã – tudo mudou – valenzinha está pronta e diva para cair na folia.

Gatinha

Esse look teve como base o conjunto de hot pant (o mesmo da produção anterior) + top preto – ambos da Leninha, claro.

 

Combinei o top com uma saia acervo e a jaquetinha da Strike a Pose só para mostrar que também podemos ser discretas (se quisermos, claro haha).

Trocando a saia pela calça da produção anterior já aparece uma gatinha/mulher gato.

    

Para as que são ainda mais desapegadas/ousadas e querem arrasar no bloquinho pode dispensar até a calça e brilhar apenas com a hot pant. Por que não?

Essas são só algumas sugestões – deixa a sua criatividade fluir. Só não vale comprar uma fantasia de Carnaval nova todo ano e nunca mais usar. Por aqui até fantasia é atemporal, haha.

Gostaram das dicas? Já fez sua própria fantasia? Compartilha com a gente na #carnavalQFSR ou aqui nos comentários.

Boa folia!!

 

FICHA DA MARCA:

Produção: São Paulo/SP

Endereço ateliê e loja física: Perdizes, São Paulo – SP.

Site e loja online: http://www.souleninha.com.br/

Instagram: @souleninha_

  • Produção artesanal; 
  • Utilização do máximo possível da matéria prima com corte otimizado;
  • Empoderamento feminino; 
1 comment
  1. Amei os looks!
    Sempre fiz minhas fantasias, super adepta a isso! Ainda mais agora, tendo um pouquinho de consciência graças ao que vc tem nos mostrado. Arrasou como sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *